Clinicas Persona -- Probioticos

Probióticos e saúde

A palavra probiótico tem a sua origem no latim, tendo sido descrita pela primeira vez em 1954, para descrever substâncias necessárias para um fortalecimento da nossa saúde. Utilizado em contraste com os antibióticos (que matam vida, em especial organismos bacterianos nocivos) os probióticos mais comuns são, por exemplo, determinadas estirpes de bactérias que estimulam o crescimento de outros microorganismos. A definição universalmente aceite é a da Organização Mundial da Saúde (OMS) que diz:

“Probióticos são microorganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro”.

 

Existem várias bactérias e leveduras probióticas que possuem benefícios para a saúde. Os probióticos mais utilizados nos alimentos, funcionais ou não, e nos suplementos alimentares, são as espécies dos géneros lactobacillus e bifidobacterium e as leveduras como a saccharomyces spp.

O seu uso na alimentação humana tem ganho cada vez mais relevo, à medida que novos estudos científicos comprovam os efeitos associados ao seu uso, tais como: síntese de ácidos gordos de cadeia curta, regulação do trânsito intestinal, modelação da flora intestinal, diminuição da proliferação de agentes patogénicos, síntese de vitaminas, reforço do sistema imunitário, atividade enzimática e neutralização de agentes carcinógeneos e radicais livres.

Faremos agora referência ao tipo de ação positiva sobre o nosso organismo que determinadas estirpes bacterianas possuem:

  • Lactobacillus acidophilus

– Tratamento da diarreia do viajante

– Atividade anti-fúngica

– Prevenção e tratamento de vaginose bacteriana

  • Lactobacillus casei

– Redução sintomas do Síndrome de intestino irritável

– Redução sintomas associados à artrite reumatóide

  • Lactobacillus rhamnosus

– Auxílio na perda de peso de mulheres obesas

– Tratamento de gastroenterites agudas em crianças

  • Bifidobacterium bifidum

– Redução do colesterol total sérico

  • Bifidobacterium longum

– Tratamento de doenças gastrointestinais

  • Bifidobacterium infantis

– Redução da enterocolite necrosante em lactentes

  • Saccharomyces bourlardi

– Tratamento e redução da duração da diarreia independentemente da causa

– Tratamento e redução de sintomas da colite ulcerosa moderada

 

Do ponto de vista nutricional e dependendo da patologia a tratar, poderá vir a ser comum, além da prescrição do plano alimentar, implementar a prescrição personalizada de um ou mais suplementos probióticos, pois, mesmo os benefícios não específicos associados são importantes, como por exemplo:

  • Regularização do trânsito intestinal;
  • Contributo para a homesostase intestinal;
  • Benefícios na digestão da lactose;
  • Regulação do sistema imunológico.

 

Visite-nos, numa Clínica Persona perto de si e agende uma Consulta gratuita e sem compromisso.

Só assim é possível saber qual a melhor estratégia a seguir e ter a garantia de um acompanhamento personalizado e adaptado às suas necessidades específicas.