Clinicas Persona - 50 Dicas Uteis Para Emagrecer ou Manter o Peso

50 Conselhos úteis para emagrecer ou manter o peso (I)


Clinicas Persona - 50 Dicas Uteis Para Emagrecer ou Manter o Peso Perder peso e emagrecer não significa ter de passar fome. Implica saber comer bem, de forma regrada e alguma disciplina. Mas sem exagerar. Para ajudar vamos apresentar alguns conselhos úteis que pode aplicar todos os dias. Pode ainda conferir as propostas das partes dois, três, quatro e cinco.  

  1. Registe num diário alimentar tudo o que comer Uma das maneiras mais eficazes de se controlar a alimentação é utilizando o diário alimentar. Adquira uma agenda e anote tudo que você comeu durante o dia, inclusive as quantidades. Ao utilizar esta técnica, é possível conhecer o tipo de alimentação realizada, bem como determinar quais são os dias e respetivos horários em que a alimentação é mais irregular.
  2. Preste mais atenção ao ato de comer Sempre que comer, preste atenção no que está a fazer e evite ficar “petiscando” alimentos apenas pelo simples facto destes estarem à sua frente ou porque outras pessoas também estão a comer. Previamente, deve definir quanto vai comer, preparar o prato (de modo a evitar complementações) e deve comer calmamente, sem pressa. Controlando-se nas refeições que realiza é crucial para conseguir alcançar o peso ideal e saudável.
  3. Não deve, enquanto estiver a comer, ler ou ver televisão Se estiver a comer e a realizar outra atividade, o ato de comer torna-se um reflexo e é feito, praticamente, de forma irrefletida. Se reparar nessas alturas quase que não se olha para o prato para avaliar a quantidade e a qualidade de comida que estamos a ingerir. Caso o que estamos a fazer nos der prazer, a tendência natural é de comer muito mais e por muito mais tempo.
  4. Observe os seus padrões alimentares Se estiver, progressivamente, a engordar ou se não está a conseguir perder peso, é provável que os seus hábitos alimentares estejam muito irregulares. Deste modo, deve prestar mais atenção nos seguintes aspetos: horários das refeições, tipo de alimento ingeridos e duração das suas refeições. Tente renovar os seus hábitos alimentares em padrões regulares de alimentação, para que fique mais simples encontrar o erro e corrigi-lo.
  5. Evite a alimentação “automática” (comer sem haver necessidade, só pelo facto dos outros também estarem a comer) Se cada vez que uma pessoa estiver a comer nós também a acompanharmos, com certeza iremos fazer bastantes refeições por dia. Mesmo que apenas “beliscarmos” algo, mesmo assim será uma quantidade adicional de calorias que vão sendo ingeridas ao longo do dia. Estas pequenas e sucessivas refeições, contribuem para um ganho de peso completamente dispensável.
  6. Identifique os fatores que contribuem para se comer em excesso Por vezes há mudanças que ocorrem na nossa vida que proporcionam alterações no nosso comportamento e nos nossos hábitos. Se algumas destas mudanças conduziram a que tivéssemos um acréscimo de peso, é muito provável que essa mudança, em particular, tenha levado a alterações também a nível da nossa alimentação. Deste modo, é crucial que identifique quais foram os fatores que sofreram alteração, com o intuito de modificá-los e controlá-los.
  7. Procure pesar-se em intervalos regulares Quando nos pesamos com regularidade, somos capazes de identificar pequenas alterações no nosso peso e, de forma mais rápida e atempada, tentar corrigi-las. É muito mais simples corrigir alterações na fase inicial do que posteriormente, ou seja, quando essas alterações se tornam percetíveis.
  8. Mantenha um gráfico de peso Ao organizar um gráfico de peso possibilita um controlo do nosso peso e permite identificar as alturas em que o peso oscila e identificar a razão de tais alterações. Permite ainda avaliar os resultados que uma mudança no comportamento alimentar originou no nosso peso.
  9. Siga um esquema alimentar previamente definido pelo seu nutricionista Sabia que a alimentação irregular do dia-a-dia é uma dos principais fatores para o aumento de peso? Deste modo, a elaboração de um plano alimentar, com um número fixo de refeições, alimentos que se pode ingerir e respetivas quantidades, evita que se sinta fome e, ao mesmo tempo, que se consiga dividir o número de calorias necessárias/dia nas várias refeições realizadas.
  10. Realize as refeições num local tranquilo e apropriado Sempre que nos alimentamos com pressa e num local não apropriado para realizar-se as refeições, há uma propensão de comer uma quantidade desajustada de alimentos. No horário das refeições deve sentar-se à mesa, analisar a quantidade de comida a ser consumida e fazê-lo de modo adequado e sem pressa.

  (Primeira parte)  

Mais de 30 anos de experiência

Mude com confiança. Alcance os seus objetivos através de tratamentos seguros, eficazes e acessíveis, projetados para resultados duradouros e sem surpresas desagradáveis.

Marcar consulta gratuita

Beneficie de um serviço exclusivo, com total transparência, sem custos escondidos e totalmente comprometido com os seus resultados.

  • Avaliação inicial gratuita.
  • Análise corporal completa.
  • Uma sessão gratuita do programa prescrito (excepto Pershape e Depilação permanente).
  • Planos personalizados e acompanhamento constante.
  • Profissionais de saúde qualificados e em constante formação.
  • Facilidade de pagamento.

Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.

4 comentários a “50 Conselhos úteis para emagrecer ou manter o peso (I)”