Clinicas Persona - Dormir-Emagrecer

Dormir ajuda a emagrecer?


Clinicas Persona - Dormir-Emagrecer A relação entre o sono e o emagrecimento tem sido alvo de análise e estudos recentes indicam mesmo que as pessoas que dormem menos de seis horas apresentam tendencialmente um índice de massa corporal superior às que dormem entre sete a oito horas. Isso deve-se a um desequilíbrio entre duas hormonas: a grelina e a leptina. A leptina, hormona capaz de controlar a sensação de saciedade, também é produzida durante o sono, pelo que as pessoas que permanecem acordadas por períodos superiores ao recomendado produzem menores quantidades de leptina. Resultado: para compensar, o corpo sente necessidade de ingerir uma maior quantidade de alimentos. Investigadores confirmam também que, quando se dorme pouco, a produção de hormonas como a hormona do crescimento, insulina e cortisol, também ficam alteradas, existindo assim uma maior tendência para acumulação de gordura e um menor desempenho físico. Para a maioria das pessoas, sete a oito horas de sono é o ideal. Existem no entanto variações individuais menos frequentes e pessoas que se sentem bem apenas com cinco a seis horas de sono e ainda outras que necessitam de dez horas bem dormidas.   Confirma as hormonas envolvidas e o que uma boa noite de sono pode fazer por si: Leptina

  • Se dormiu bem: ajuda a reconhecer que o corpo está regulado;
  • Se dormiu mal: diminui bastante a sensação de saciedade e vai acordar com mais fome.

Grelina

  • Se dormiu bem: vai acordar com o natural apetite;
  • Se dormiu mal: aumenta a vontade natural de comer em 20%.

Cortisol

  • Se dormiu bem: regula o apetite;
  • Se dormiu mal: aumenta o apetite e potencia a acumulação de gordura.

Hormona do crescimento

  • Se dormiu bem: diminui a gordura corporal;
  • Se dormiu mal: transforma as calorias em gordura.

  Se está provado que dormir pouco engorda, será que dormir muito emagrece? A resposta é NÃO! Um estudo levado a cabo por uma universidade canadiana constatou que quem dorme demasiado tem também maior probabilidade de ganhar uns quilinhos extra. Este estudo provou ainda que quem dormia muito tinha mais 35% de tendência a engordar comparativamente aos indivíduos que não ultrapassavam as oito horas de sono. Já as pessoas que sofriam de insónias e deambulavam durante a noite, a probabilidade de virem a ter uns quilos a mais era de 60% em relação às que dormiam cerca de sete a oito horas por dia. É claro que, se dorme bem mas tem uma alimentação altamente calórica associada ao sedentarismo, certamente irá ganhar peso. O nosso organismo precisa de equilíbrio e ele só é alcançado com o descanso noturno adequando associado a uma alimentação saudável. Aconselha-se assim que tente equilibrar os horários do sono, procurando deitar-se e levantar-se todos os dias à mesma hora, de forma a adaptar o corpo e o apetite em função das suas necessidades calóricas diárias.

Categorias: ,

Mais de 30 anos de experiência

Mude com confiança. Alcance os seus objetivos através de tratamentos seguros, eficazes e acessíveis, projetados para resultados duradouros e sem surpresas desagradáveis.

Marcar consulta gratuita

Beneficie de um serviço exclusivo, com total transparência, sem custos escondidos e totalmente comprometido com os seus resultados.

  • Avaliação inicial gratuita.
  • Análise corporal completa.
  • Uma sessão gratuita do programa prescrito (excepto Pershape e Depilação permanente).
  • Planos personalizados e acompanhamento constante.
  • Profissionais de saúde qualificados e em constante formação.
  • Facilidade de pagamento.

Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.